FACEBOOK

Pesquisar

Pesquisar
Início do conteúdo
PFRH

O PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DA PETROBRAS — PFRH-PB-130

O Programa de Formação de Recursos Humanos da Petrobras (PFRH-PB)30 é um convênio firmado entre o Petróleo Brasileiro S.A (Petrobras), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) e a Fundação de Apoio a Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico de Sergipe (FUNCEFETSE).

Tem como objetivos fomentar a formação dos alunos dos cursos técnicos do IF Baiano; estimular o desempenho dos alunos; reduzir a evasão escolar e despertar o interesse da mão de obra técnica para o setor de Petróleo, Gás, Energia e Biocombustíveis, através da concessão de bolsas de estudos.

Foram pactuadas 579 bolsas para alunos das turmas dos cursos do IF Baiano dos campi de Catu, Guanambi, Itapetinga, Santa Inês, Senhor do Bomfim, Teixeira de Freitas, Uruçuca e Valença, contemplados no Plano de Trabalho estabelecido pela Petrobras.

Além do financiamento das bolsas, o IF Baiano dispõe de recursos relativos a 50% do valor total das bolsas para realizar a gestão do Programa e desenvolvimento dos Planos de Estudo.

O IF Baiano com o Programa busca fomentar atividades de motivação, aprimoramento contínuo e atualização de professores e alunos, visando à criação de competências nas áreas de interesse do PFRH-PB.

No âmbito do IF Baiano, a gestão do Programa é realizada pela Comissão Gestora com o apoio da Equipe Executora, formada de um representante por Campus – definidas no Convênio – e de um Comitê Técnico, formado por representantes das Pró-Reitorias de Pesquisa, Extensão, Ensino e Desenvolvimento Institucional, coordenado pela PRODIN e responsável pelo acompanhamento e a supervisão do Convênio.

A concessão de bolsas está condicionada a participação dos estudantes em grupos de estudo, pesquisa e extensão relacionados ao setor de Petróleo, Gás, Energia e Biocombustíveis, conforme diretrizes orientadas pela Petrobras e definidas pela Comissão Gestora do Programa no IF Baiano.

A Comissão Gestora orientou a concentração de estudos em áreas focos, considerando os temas do Programa: Petróleo, Gás, Energia e Biocombustíveis, condicionando a definição das áreas por campus com a quantidade de grupos de alunos bolsistas formados. Os campi com até 15 grupos desenvolvem estudos em apenas uma área, em conformidade com a sua vocação.

Anualmente, no âmbito dos Institutos Federais se realiza, em caráter obrigatório, a Feira de Ciência e Tecnologia da Instituição que propõe a avaliação do desempenho do Programa voltado para o escopo do PFRH e suas contribuições para o atendimento das demandas do mercado de trabalho. Essa atividade será avaliada pela Petrobras e Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis – ANP.